O debate sobre as manifestações artísticas: Teologia e Arte.

Os assuntos relacionados a arte tem sido abordados atualmente pela sociedade, surge então a pergunta: O que é Arte? Arte é a atividade humana ligada a manifestações de ordem estética, feita por artistas a partir de percepção, emoções e ideias, com o objetivo de estimular esse interesse de consciência em um ou mais espectadores, e cada obra de arte possui um significado único e diferente.

O ser humano é criativo a arte faz parte da vida e as expressões se apresentam de formas diversas, dessa maneira a arte expõe seus pensamentos e ideologias através da sua criatividade, historicamente as expressões artísticas representam modelos ideológicos em seus momentos e situações históricas.

A questão a respeito da “mostra artística patrocinada pelo banco Santander” o conflito foi causado por ser uma mostra com conotação ideológica explicita e ainda custeada com dinheiro público, expressões artísticas que ofendem os bons costumes e confrontam os valores cristãos existem muitas. Por sua vez cabe aos cristãos e outras religiões que se sentem afetadas por essas expressões reagirem. Os mulçumanos tem reagido de forma abrupta e violenta, basta lembrar o caso do jornal francês.

Pelo menos 12 pessoas morreram e 11 ficaram feridas em um tiroteio em Paris .O crime aconteceu no escritório do jornal satírico “Charlie Hebdo”, que já havia sido alvo de um ataque no passado após publicar uma caricatura do profeta Maomé. Todos os mortos foram identificados. São eles: o editor e cartunista Stéphane Charbonnier, conhecido como Charb, o lendário cartunista Wolinski, o economista e vice-editor Bernard Maris e os cartunistas Jean Cabu e Bernard Verlhac, conhecido como Tignous, além do também desenhista Phillippe Honoré, do revisor Mustapha Ourad e da psicanalista Elsa Cayat, que escrevia uma coluna quinzenal para a “Charlie Hebdo” chamada “Divan”.[i]

 

 

Quanto aos cristãos existe até uma certa passividade, os valores cristãos tem sido atacados historicamente e poucas são as reações. Esse povo é pacifico e perdoador existe sempre um espaço para a paz, se levarmos em conta os princípios cristãos. Não precisamos ir longe para identificar ataques aos valores e princípios cristãos.

 

 

A perseguição religiosa na África e na Ásia está cada vez mais intensa. No Oriente Médio, milhões de cristãos são forçados a fugir de suas casas para campos de refugiados lotados e se arriscam pelas perigosas rotas até a Europa. Segundo a organização de caridade Open Doors, que monitora casos de violência e perseguição por motivos religiosos, a intolerância contra os cristãos só cresceu no último ano. A Coreia do Norte é o primeiro país do mundo quando se trata de perseguição a adeptos do cristianismo. Mas, segundo a organização que produz um relatório anual sobre o tema, em 2015, o maior número de cristãos mortos por sua fé foi registrado na Nigéria. Foram 4.028 mortes no país, de um total de 7.100 assassinatos reportados em todo o mundo. Das 50 nações listadas pela Open Doors, as seis em que mais cristãos foram mortos por motivos religiosos estão na África subsaariana: Nigéria, República Centro-Africana, Chade, República Democrática do Congo, Quênia e Camarões. “Em termos numéricos pelo menos, não em grau, a perseguição de cristãos na região supera o Oriente Médio”, diz o relatório da organização.[1]

As questões éticas sempre serão levadas em conta quando se tratar de expressão artística. Os cristãos e tantos outros religiosos devem reagir para que o debate seja feito. Não devemos nos conformar com afrontas aos símbolos e valores cristãos, tanto quanto seus princípios. ( Quero deixar claro que sou cristão, sendo assim minha cosmovisão aparece como pano de fundo ideológico)

Apontamentos Teológicos:

1.O ambiente artístico com suas mais diversas expressões sempre irá existir, não podemos cair no obscurantismo de destruir as artes e os livros, bem como os museus e os traços históricos. Por sua vez como cristãos não devemos de forma nenhum pactuar ou concordar com qualquer sinal de ofensa ao cristianismo e seus símbolos tradicionais.

2.Se é arte deve existir espaço para o contraditório, se existe a liberdade de expressão no viés artístico deve haver também espaço para aqueles que não concordam com a expressão em questão. Se não existe espaço para a contradição e a liberdade de expressão a arte em si está comprometida.

3.Porquanto, tendo conhecido a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças, antes em seus discursos se desvaneceram, e o seu coração insensato se obscureceu. Dizendo-se sábios, tornaram-se loucos.
E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, e de aves, e de quadrúpedes, e de répteis. Por isso também Deus os entregou às concupiscências de seus corações, à imundícia, para desonrarem seus corpos entre si; Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém. Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza. E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro. E, como eles não se importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convêm; Estando cheios de toda a iniquidade, fornicação, malícia, avareza, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, engano, malignidade, Romanos 1:21-29

4.Em nome dos valores e interesses cristãos não se pode deixar manipular ou servir voz para quem quer gritar sem tem o respaldo bíblico e teológico, buscando apenas chamar atenção para alguma oportunidade para o espaço publico.

5.A reação cristã deve ser pautada na bíblia e orientada pela palavra de Deus, não nos posicionamos apenas pelo moralismo, mas somos cristãos baseados na moral cristã e na doutrina cristã.

 

Dr. Cicero Bezerra

 

 

[1] http://veja.abril.com.br/mundo/perseguicao-a-cristaos-na-africa-e-oriente-medio-aumentou/

[i] http://g1.globo.com/mundo/noticia/2015/01/tiroteio-deixa-vitimas-em-paris.html

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *