Apontamentos cristãos a respeito da família

Resumo: Esse artigo trata questões a respeito da família cristã, tendo como base o conceito tradicional de família ensinado pela bíblia sagrada, marido, esposa, filhos, lar, convivência e o papel da família na sociedade. A partir dos conceitos fundamentais da família cristã, analisar também as novas configurações familiares e a forma como conflita com os princípios bíblicos. Para concluir aponta-se posicionamentos e valores cristãos que não podem ser negociados e por sua vez não podem ser alterados, por qualquer corrente ou ideologia que a sociedade possa oferecer.

Palavras: Família, Sociedade, Bíblia, Valores

Portanto deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á à

sua mulher, e serão uma só carne. ( Gen. 2.24)

Introdução:

Segue alguns dados interessantes a respeito de uma história verídica a respeito de duas famílias americanas1. Uma cristã e outra não cristã. 1)Max Jules e Marilin Hickelei. Ateu, casou-se com um mulher incrédula. Foi realizada uma pesquisa com 560 de seus descendentes:

¢ 310 morreram na pobreza

¢ 150 criminosos

¢ 7 foram assassinados

¢ 100 beberrões

¢ Mais da metade das mulheres prostitutas

O governo gastou mais de 1 milhão de dólares com despesas com essa família.

Outra família, contemporânea, viveram na mesma localidade. A pesquisa foi realizada com 1394 de seus descendentes. 2)Jonathas Edwards.cristão casou-se com uma mulher piedosa.

¢ 1394 descendentes.

¢ 295 formados na universidade

¢ 13 presidentes de universidades

¢ 65 professores universitários

¢ 3 Senadores dos EUA

¢ 3 Governadores

¢ 30 Juízes

¢ 100 advogados

¢ 56 médicos

¢ 75 oficiais militares

¢ 100 missionários

¢ 3 prefeitos

¢ 1 Vice- presidente

Vale ressaltar que o governo não gastou nenhum dinheiro com essa família. Dessa forma podemos ver a importância da família cristã, para a sociedade, e os princípios de Deus transformando um indivíduo e uma nação.

2.O conceito de família

A família é a base do lar. A família é a célula básica da sociedade, instituída por Deus através do casamento. A família é a base do lar, e o lar é muito mais do que uma casa é a dimensão física que traduz o propósito de Deus ao instituir o casamento através de nosso primeiros pais, Adão e Eva; Disse mais o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora

que lhe seja idônea. (Gen. 2.18) . Portanto, jamais foi desejo de Deus que o homem tivesse uma vida solitária, daí a idéia de fazer-lhe uma companheira, que lhe fosse solidária, e tivessem uma vida em comum e respeito mútuo. O lar torna-se então a expressão maior da unidade familiar e suas qualidades são demonstradas na prática de vida do casal, e no seu relacionamento com os filhos. O que sair desses princípios, não pode ser chamado “lar”, pois não passa de um ajuntamento de pessoas vivendo sob o mesmo teto, e que geralmente não se entendem.

O lar é a plataforma existencial para a sociedade. As família regularmente constituídas formam estruturas sociais (lares), as estruturas sociais formam comunidades, as comunidades formam as cidades, as cidades formam estados ou províncias, os estados formam os países, e os países formam o conjunto de nações. Temos portanto a família como a menor estrutura social, mas sendo a base de estruturas maiores. Daí concluímos que famílias (lares) desestruturadas, formarão uma sociedade fragmentada em seus valores morais. Por esta razão, os adeptos do mal procuram subverter os princípios que regem a família, pois desta maneira poderão destruir a sociedade. Sua estratégia consiste na disseminação da infidelidade conjugal, desrespeito aos pais, falta de diálogo no lar, amor livre entre os jovens e outros valores que ferem a Palavra de Deus.

3.Novas configurações familiares

As configurações formadas por recasamentos, uniões homoafetivas, paternidade ou maternidade socioafetivas conflitam com o modelo tradicional familiar

Surgem novas configurações familiares que desafiam a flexibilidade e a criatividade de seus integrantes. E também geram muitas dúvidas e angústias. Afinal, qual é a forma mais adequada de enfrentar os novos desafios que se estabelecem com tanta novidade debaixo de um mesmo teto?

Recasamentos, famílias monoparentais, uniões homoafetivas com filhos, paternidade ou maternidade socioafetivas são alguns dos nomes das novas

configurações familiares formadas pelos brasileiros sob a égide do desejo de felicidade e completude. Tentativas que só se tornaram possíveis graças a mudanças nas dinâmicas sociais, como a facilidade para o divórcio, a participação da mulher no mercado de trabalho e a crescente aceitação das relações homoafetivas. Sem contar o fato de o Judiciário ter passado a agasalhar novos arranjos de família para os quais não há previsão específica na legislação.2

Conclusão e apontamentos:

1.Cabe aos cristãos um posicionamento bíblico e comprometido com os princípios da palavra de Deus relacionados com a familia, consolidação dos papeis de marido, esposa e filhos, sem alterações morais.

2. A sociedade tem sofrido os impactos das novas configurações familiares, jovens inseguros e lares conflituosos onde as funções paternas não são claras.

3. A própria espécie humana pode ser comprometido porque casais do mesmo sexo não procriam e não podem dar continuidade ao projeto de família instituído por Deus.

4.Cabe aos cristãos declarações e posicionamento favoráveis ao modelo bíblico de família.

5. Nos tempos do AT, a família incluía o clã, os filhos, os primos, os avós, os servos e os escravos (Gn 46.8-26). Depois do exílio e já na época do NT, o tamanho da unidade familiar foi reduzido, especialmente porque as pessoas começaram a viver em cidades. Os deveres tradicionais atribuídos ao pai eram os de provedor, mestre, educador e sacerdote; e os da mãe, dona de casa e mestra. Os deveres dos membros da família eram considerados de origem divina

(Ef 5.22—6.9; Cl 3.18-22). Também a Igreja é chamada de “família de Deus” (Gl 6.10; Ef 2.19; cf. Ef 3.15; 1Pe 4.17).

One thought on “Apontamentos cristãos a respeito da família”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *